Skip links

20.12.2017

Conheça a arma inteligente contra a maior praga da soja

Patrulha Percevejo oferece tecnologia de monitoramento eficaz com bom custo-benefício

Frank Edwin Duurvoort – Rede AgroServices

Ninfa de percevejo verde em soja
Ninfa de percevejo verde em soja
(Foto: Joane Cella Turcatto/Phytus Club)
O percevejo é um inimigo silencioso, uma praga difícil de detectar que ataca a lavoura de soja desde cedo. O inseto começa a gerar danos ao sojicultor a partir da fase de formação das vagens e vai causando prejuízos até o final do desenvolvimento das sementes. O produtor precisa dedicar especial atenção à infestações nesse período, que é quando a planta está definindo o rendimento e a qualidade da semente. Porém, muitos só percebem a presença da praga quando o estrago já está feito.
 

Uma concentração de um percevejo por m2 pode causar até 70 kg de perda de grão por hectare. Considerando-se o abortamento de grãos causado pela picada do percevejo, além da perda de peso e de qualidade do grão decorrente da ação de praga, o prejuízo total do produtor pode chegar a 30%, explica o gerente de clientes da Bayer, Tiago Nascimento. “Uma infestação de percevejo gera muito descarte. Às vezes, o grão está tão danificado que não serve nem para fazer óleo.”

Para proteger a sua lavoura, muitos produtores optam pela saída convencional: a aplicação preventiva de defensivos. Embora seja uma prática muito comum, a aplicação preventiva é uma estratégia pouco eficaz. Custa caro, causa danos ambientais e é contraproducente porque ajuda a aumentar a resistência do percevejo aos defensivos aplicados. Além disso, o uso descontrolado de defensivos promove a proliferação de pragas secundárias, como a mosca branca e o ácaro.

O desafio do produtor

O Manejo Integrado de Pragas (MIP) é um conjunto de estratégias de controle de insetos que oferecem sustentabilidade ambiental e economia ao produtor. O monitoramento da lavoura, a correta identificação das pragas e seus inimigos naturais, e os níveis de infestação são os principais componentes do MIP, uma ferramenta recomendada pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e outros institutos científicos de renome no setor agrícola.

O MIP parte do pressuposto que nem todo inseto requer controle e que alguns níveis de infestação podem ser tolerados sem que haja perda significativa de produtividade. A decisão de se fazer uso de defensivos para controlar uma praga deve ser fundamentada em dados como o estádio e densidade populacional de pragas, a presença ou não de seus inimigos naturais e o estágio de desenvolvimento da cultura.

O monitoramento de pragas é uma parte importante da estratégia de controle do percevejo. No entanto, é uma técnica que apresenta alguns desafios ao produtor: é um trabalho intensivo, que requer mão de obra qualificada e que precisa ser realizado no momento certo, com frequência e disciplina.

A Patrulha Percevejo

A Bayer oferece uma ferramenta eficaz no combate à principal praga do cultivo da soja. Concebido e desenvolvido pela empresa e seus parceiros em 2016, a Patrulha Percevejo é um serviço tecnologicamente superior e único de monitoramento de pragas. Exclusividade do programa de pontos da Rede AgroServices, a Patrulha Percevejo é serviço disponível apenas para produtores cadastrados.

O monitoramento deve ser feito entre 25 a 30 dias depois da soja emergida. O trabalho da Patrulha Percevejo começa com um mapeamento por satélite do talhão a ser monitorado, que antecede a visita da equipe técnica à propriedade. A presença da praga é detectada através do uso do pano de batida, um tecido branco de um metro de comprimento e 60 cm de largura, que é colocado debaixo das plantas, que são agitadas. O técnico da Patrulha Percevejo vai registrando a quantidade e os tipos de pragas existentes, além dos pontos onde pragas foram detectadas em diferentes áreas da propriedade. “Nós seguimos uma metodologia padrão de pesquisa. Por exemplo, em um talhão de 100 ha, são dez pontos de monitoramento, bem distribuídos. A Patrulha Percevejo conta com o apoio dos principais órgãos científicos, a começar pela Embrapa,” informa Nascimento, o idealizador da Patrulha Percevejo.

Feita a entrada de dados, o software de monitoramento utilizado pelos técnicos gera um mapa de calor. O produtor, que baixou o aplicativo no seu aparelho móvel, recebe todos os dados gerados ao longo da visita da Patrulha Percevejo. O distribuidor da Bayer e os técnicos da empresa, também. De posse dessas informações, o produtor é contatado por um integrante do time de campo da Bayer que o atende, (que pode ser um técnico da empresa ou do distribuidor autorizado). Baseado nas informações apresentadas pelo mapa de calor, o técnico aconselha o produtor a fazer, ou não, a aplicação de defensivo naquele momento. Assim, o produtor só faz a aplicação quando realmente precisa, economizando tempo e dinheiro. As visitas de monitoramento são realizadas em intervalos de 7 a 10 dias ao longo dos cerca de 90 dias restantes do ciclo da cultura.

Ganhos, custos e economias

Tiago Nascimento explica que, segundo um estudo da Bayer, realizado na safra de 2016/2017, em propriedades onde foi realizado o monitoramento com Patrulha Percevejo, o produtor conseguiu salvar 5% de sua produção, que seria descartado por perda de qualidade, caso não tivesse realizado o monitoramento. “O nível médio de grãos descartados por falta de qualidade que nós verificamos em áreas monitoradas pela Patrulha Percevejo foi de 3%. Nas áreas onde não houve monitoramento, o nível de descarte causado pela praga foi de 8%,” afirma.

Em relação a danos totais, que inclui grãos danificados, mas que ainda podem ser parcialmente aproveitados, a ação da Patrulha Percevejo gerou uma redução de 22% para 8% no nível de estragos causados pela praga. “No total, a gente reduz em mais da metade o nível de dano causado pelo percevejo”, informa o gerente da Bayer.

Há também casos onde o produtor economiza na despesa com defensivo, eliminando uma ou meia aplicação, por indicação do serviço de monitoramento. Mas o produtor que opta pelo monitoramento da Bayer economiza muito mais de outra forma: com a rapidez e a exatidão das informações apuradas.  “Essa praticidade em trazer a informação do campo para o cliente o mais rápido possível para fazer o controle da praga foi fundamental. Realmente a gente viu que a rentabilidade foi maior”, disse Walison Leonardo, gerente da Sementes Barreirão, de Dourados, MS. 

Sobre o programa de pontos da Rede AgroServices

O Patrulha Percevejo é serviço exclusivo disponível para produtores cadastrados no programa de pontos da Rede AgroServices. Na compra de produtos Bayer, os produtores associados acumulam pontos que podem ser trocados por uma variedade de serviços especializados, como a própria Patrulha Percevejo. O sojicultor cadastrado pode contratar excelente serviço de monitoramento de pragas sem colocar a mão no bolso.

Para mais informações sobre a Patrulha Percevejo e o programa de pontos da Rede AgroServices, procure um distribuidor autorizado Bayer ou ligue para o Converse Bayer 0800-0115500, ligação gratuita.

 

 

Agora você pode sugerir pautas para a redação da Rede AgroServices. É só mandar um e-mail pra gente: falecomoeditor@imgcontent.com.br